sábado, 30 de dezembro de 2017

[Top 13] Melhores livros: segundo semestre de 2017

Um tempo atrás eu fiz uma postagem com o melhores livros lidos no primeiro semestre de 2017, então, agora é hora de mostrar para vocês os melhores lidos nesse segundo semestre.






*SKOOB | RESENHA*
"Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera." 




*SKOOB | RESENHA*
"O "não escrito" capítulo final do Diário de Anne Frank relata o tempo entre a prisão de Anne Frank e sua morte. A história é contada por meio dos testemunhos de seis mulheres judias que sobreviveram ao inferno do campo de concentração do qual Anne nunca mais voltou. Inicialmente, o renomado cineasta holandês Willy Lindwer filmou o documentário "Os sete últimos meses de Anne Frank" e, depois disso, resolveu transformá-lo em livro. Para tanto, ele entrevistou mulheres que conheceram Anne Frank. O livro é composto pelos depoimentos de seis dessas mulheres - algumas que a conheceram antes de sua deportação para o campo nazista, e todas elas durante os últimos momentos em Bergen-Belsen. As histórias que estas mulheres têm para contar são semelhantes: o tratamento no campo, a forma como conheceram as irmãs Frank e a maneira como todas foram inexplicavelmente tocadas por sua vida. O fato de terem sobrevivido ao campo de extermínio é um milagre em si mesmo. Uma das sobreviventes, inclusive, teve a difícil missão de confirmar a Otto Frank as mortes de suas filhas, Anne e Margot. Os sete últimos meses de Anne Frank é o triste e verdadeiro relato de uma crueldade inimaginável e do milagre ocorrido para os que sobreviveram poderem contá-lo com suas próprias palavras."




*SKOOB | RESENHA*
"Vinte anos depois do primeiro encontro, Samantha finalmente descobre o amor de sua vida...
Aos 19 anos, Samantha Vérant conheceu o encantador Jean-Luc em uma curta viagem à França. Eles aproveitaram o clima romântico de Paris e, quando ela voltou para casa, ele escreveu sete lindas cartas de amor – que ela nunca respondeu.
Vinte anos mais tarde, à beira de um divórcio e se perguntando em que ponto sua vida começou a dar errado, Samantha encontra as cartas de Jean-Luc. Ela então o procura na internet para enfim responder às cartas com um longo pedido de desculpas atrasado. Então rapidamente descobre que a conexão entre ambos continua tão forte quanto no dia em que ela o deixou sozinho em uma plataforma de trem em Paris.
Samantha sabe que ir à França para reencontrar o homem com o qual dividiu apenas um dia ensolarado e cheio de paixão é loucura! Mas é por este tipo de loucura que ela tem esperado a vida inteira..."




*SKOOB | RESENHA*
"Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado.
   Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida.
   Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta."





*SKOOB | RESENHA*
"Um relato emocionante de triunfo sobre a tragédia, essa história traz reflexões inspiradoras a respeito das escolhas que fazemos na vida e das lições que podemos aprender com elas. Quando John O’Leary tinha nove anos, quase morreu em um devastador incêndio em sua casa. Com queimaduras em 100% do corpo, ele reuniu uma quantidade inimaginável de força interior apenas para sobreviver a essa fase tão difícil. Os insights que teve ao passar por essa experiência e os heróis que surgiram para ajudá-lo ? sua família, a equipe médica e pessoas totalmente desconhecidas ? mudaram a sua vida. Nesse livro, John relata sua história e nos ajuda a encarar os aspectos corriqueiros de nossa vida de um modo extraordinário. Com uma trajetória que é uma verdadeira progressão de milagres, ele nos faz rir, chorar e repensar todo o propósito de nossas vidas. Mostrando-nos a importância de se valorizar todas as pequenas bênçãos e oportunidades que tendem a passar despercebidas diante de nossos olhos. Empoderador, inspirador, absolutamente honesto e gentil, a força e o incrível espírito de O’Leary transbordam e brilham em todas as páginas deste livro."



*SKOOB | RESENHA*
"“O primeiro último beijo” conta a história de amor de Ryan e Molly, de como eles se encontraram e se perderam diversas vezes ao longo do caminho. Na primeira vez em que eles se beijaram, Molly soube que ficariam juntos para sempre. Seis anos e muitos beijos depois, ela está casada com o homem que ama. Mas hoje Molly percebe quantos beijos desperdiçou, porque o futuro lhes reserva algo que nenhum dos dois poderiam prever…
Esta história comovente, bem-humorada e profundamente tocante mostra que o amor pode ser enlouquecedor e frustrante, mas também sublime. Na mesma tradição de P.S. Eu Te amo e Um Dia, O Primeiro Último Beijo vai fazer você suspirar e derramar lágrimas com a mesma intensidade."







*SKOOB | RESENHA*
"Faz quase um ano que Ella Rodriguez, 18, esteve em um acidente de carro que a deixou aleijada, com cicatrizes e sem a mãe. Após uma recuperação difícil, ela foi obrigada a atravessar o país para viver com o pai que a abandonou quando era uma criança. Se ela quiser escapar de seu pai e de sua horrível família adotiva, ela precisa convencer os doutores de que é capaz, física e emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela ainda não está pronta. O único modo de se curar é se reconectar com a única pessoa no mundo que ainda significa algo para ela: seu melhor amigo anônimo, Cinder. Brian Oliver é a sensação de Hollywood e tem a fama de sempre causar problemas. Existem muitos rumores sobre sua participação no filme O príncipe druída, mas seus assessores dizem que o único modo de passar de adolescente sedutor para ator da lista A é mostrar que seus dias de selvageria ficaram para trás e que agora ele amadureceu. Para aplacar os comentários sobre a reputação de bad-boy, seu assessor arranja um casamento falso com a coadjuvante Kaylee. Brian não está animado com a noiva falsa ou o casamento, mas ele fará qualquer coisa para conseguir sua nomeação ao oscar. Até que o e-mail de uma antiga amiga da internet muda tudo."



*SKOOB | RESENHA*
"Alguns finais são apenas o começo...
   Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...
   Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.
   Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?
   A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro."




*SKOOB | RESENHA*
"Segredos.
Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você...
E outros podem acabar com você.
Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo."




*SKOOB | RESENHA*
"Ally e Charlotte poderiam ter sido grandes amigas se David nunca tivesse entrado em suas vidas. Mas ele entrou e, depois de ser o primeiro grande amor (e também a primeira grande desilusão) de Ally, casou-se com Charlotte. 
   Oito anos depois do último encontro, o que Ally menos deseja é rever o ex e sua bela esposa. Porém, o destino tem planos diferentes e, ao longo de uma noite decisiva, as duas mulheres se reencontram na sala de espera de um hospital, temendo pela vida de seus maridos. Diante de incertezas que achavam ter vencido, elas precisarão repensar antigas decisões e superar o passado para salvar aqueles que amam. "






*SKOOB | RESENHA*
"Há apenas três coisas importantes para Alice Alexis Queensmeadow, de 12 anos: sua mãe, que não sentiria sua falta; magia e cor, os quais parem escapar dela; e seu pai, que sempre a amou. No dia em que seu pai desapareceu de Ferenwood, ele levava consigo apenas uma régua. Já se passaram quase três anos e Alice está determinada a encontrá-lo. Ela o ama tanto quanto ama aventura, e está prestes a embarcar em um para encontrar o outro.
No entanto, trazer seu pai para casa não será tão fácil. Alice precisa viajar através da mística e perigosa Terra de Furthermore; onde para baixo pode ser para cima, papel está vivo e esquerda pode ser direita. Sua única companhia é um garoto chamado Oliver, cuja habilidade mágica é mentir e enganar – e com um mentiroso em uma terra onde nada é o que parece ser, requisitará de Alice toda sua concentração para encontrar seu pai e conseguir voltar para casa sã e salva. Em sua jornada, Alice precisa se encontrar- e se agarrar à magia do amor diante da perda."





*SKOOB | RESENHA*
"Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano."










*SKOOB | RESENHA EM BREVE*
"Aos onze anos, Annie é uma garotinha corajosa o suficiente para encarar sozinha as ruas de Nova York perseguindo seu grande sonho: encontrar os pais. Deixada por eles em um orfanato quando ainda era um bebê, com pouco mais que um bilhete informando que voltariam para buscá-la, a menina leva uma vida difícil sob o comando da malvada Srta. Hannigan, diretora do lugar. Cansada de esperar que os pais retornem, Annie foge do orfanato e enfrenta as mais inesperadas desventuras. Sua sorte parece estar prestes a mudar quando ela é escolhida para passar as festas de fim de ano na mansão de um rico empresário. Mas será que Annie finalmente conseguirá realizar seu sonho e escapar da dura vida do orfanato?"






EXTRA - CONTO
*SKOOB | RESENHA*
"Você desistiria dos seus sonhos por alguém?
   Alice sempre soube o que queria e, desde muito nova, lutou por aquilo que desejava. Com isso, precisou abdicar do seu amor para viver seus sonhos.
   Anos depois, ela não esperava reencontrar Bernardo, seu grande amor do passado, justamente em um metrô, e as emoções que, por muito tempo estavam adormecidas, foram despertadas.
   Dessa vez mais amadurecido, o sentimento floresce e juntos eles descobrem que, muitas vezes, o amor tem sim hora certa para acontecer."








E quais foram os melhores livros do segundo semestre para vocês?
Algum dos meus entrou na sua wishlist?

6 comentários:

  1. Oiieee

    Não li ainda nenhum dos livros citados, mas tive o prazer de ler O Diário de Anne Frank, o original mesmo. Era uma edição bem velhinha e foi uma das minhas primeiras leituas, li e reli umas três vezes.
    Cinder & Ella está na minha lista, já vi bastante elogios sobre a escrita da Kelly Oram.

    Beijos e Feliz Ano Novo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, como queria ler o original de Anne Frank... Sou apaixonada pela história de Anne e tenho vontade de ler tuuudo que é publicado sobre ela.
      Cinder & Ella é bem fofinho. Espero que você leia e goste.

      Beijos e um ótimo ano!

      Excluir
  2. Oii, amei a lista, ainda não li nenhum desses, mas menina essa capa de Rainbow tá linda fiquei curiosa pra ler, já estão na minha whilist raio de sol e nossa música, espero ler no próximo ano.
    - Beijos, Carol!
    http://entrehistoriasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Rainbow" foi uma surpresa muito boa! É um livro fofo, engraçado e apaixonante. Vale muito a pena ler. "Raio de sol" e "nossa música" são de partir o coração em milhões de pedaços, mas vale muito a pena. Espero que você leia e ame.

      beijos.

      Excluir
  3. Feliz 2018 amre
    Raio de Sol, Cinder e Ella, O primeiro último beijo e Além da magia eu preciiiso ler *-* De tds os q vc citou só li Sorriso quebrados, que é lindo <3
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz 2018!!!
      E ah, leia todos esses sim. Recomendo e muito. São livros engraçados, livros para chorar, livros para viver diversas aventuras. Cada um com seu jeitinho e que conquista muito o coração. Espero que você se apaixone por todos!
      E sobre "sorrisos quebrados": amei infinitamente! Fui surpreendida e me cativou do começo ao fim.

      Beijos.

      Excluir