sexta-feira, 9 de setembro de 2016

[Resenha] As Letras do Amor

Escritora: Paula Ottoni
Editora: Novas Páginas
Páginas: 224

Sinopse: "Bianca acabou de largar um curso de graduação de que não gostava, seus pais vão se divorciar e seus irmãos pequenos estão cada dia mais barulhentos. A oportunidade perfeita de escapar surge quando seu namorado, Miguel, resolve ir a Roma abrir uma empresa para o pai. Bianca decide que aprender italiano, arrumar um trabalho temporário e ajudar Miguel em seu negócio será um bom começo. O que parecia um sonho, porém, torna-se uma incerteza ainda maior quando Miguel fica sempre fora de casa, os empregos de Bianca não duram mais que uma semana, e, cada dia mais próxima de Enzo – o melhor amigo de Miguel, com quem moram –, ela começa a questionar seus sentimentos."
"Ele sorri e me dou conta de que toda vez que vejo aquele sorriso alguma coisa anormal acontece dentro de mim." (pág. 65)
Bianca é uma garota de 19 anos. Largou a faculdade após alguns anos de curso, pois descobriu que aquilo não era o que ela queria para sua vida. Está passando por um momento difícil em casa já que seus pais querem se divorciar. O único apoio que ela encontra é em Miguel - seu namorado - e em Mari - sua melhor amiga.
"Se a vida não era um desafio, e se suas primeiras escolhas fossem as que ficariam para o resto da vida, então o que seria do destino? Seria ele apenas uma pilha de erros baseados no primeiro ou uma montanha de dificuldades para que pudesse guiar a si próprio para o caminho certo?" (pág. 82)
Miguel irá mudar-se por seis meses para Roma, pois sua família está abrindo um negócio por lá. Bianca como não tem mais nenhuma responsabilidade com a faculdade e ainda não se decidiu, vê a oportunidade perfeita para passar um tempo fora e se encontrar. Além do fato de que será fácil para Bianca viver um período na Itália, pois ela tem nacionalidade Italiana.
"Faço uma análise e percebo que ainda posso dizer "eu te amo", mas provavelmente não "estou apaixonada por você". São coisas bem diferentes, noto pela primeira vez." (pág. 87)
No começo seus pais relutaram em aceitar sua ida insistindo que ela deveria investir em outra graduação o mais rápido possível, mas no final, seus pais acabaram cedendo. Bianca está super entusiasmada em ir para um outro país, mas o medo lhe atinge: viver com Miguel, ser como uma esposa para ele... Talvez ela não esteja preparada ainda para isso.


"- Você acha muito difícil achar alguém que valha a pena?
- Acho que tudo depende da sorte de encontrar alguém que combina com você. Há bilhões de pessoas no mundo, mas parece que podemos nos dar bem com apenas algumas poucas, e elas nem sempre cruzam o nosso caminho. E, às vezes, quando achamos essas pessoas, elas não estão disponíveis para nós." (pág. 89)


"O tempo, felizmente, passa. E com ele a dor, o arrependimento e a saudade amenizam. Algumas pessoas podem dizer que a saudade não desaparece, que ela só aumenta, mas eu discordo. Quanto menos você vê alguém, mais facilmente esquecerá essa pessoa, e então mais fácil será viver sem ela. É uma dedução bem simples, na verdade." (pág. 205)
Mesmo com seu receio, mudam-se para um apartamento em Roma junto com o melhor amigo de Miguel - Enzo. Bianca não deixa de reparar o quão bonito Enzo é e logo vem em mente que ela deveria juntar Enzo e Mari. Mas, infelizmente, essa ideia não passará apenas de uma ideia, pois um sentimento entre eles irá surgir. Um sentimento maior de amizade.
"Todas as pessoas querem carinho e amor, mas acontece que somente algumas querem encontrar sua outra metade para um comprometimento, em uma vida calma de compartilhamento e pequenas emoções diárias. Outra parte da população, em contrapartida, quer apenas viver intensamente o instante, com pessoas diferentes." (pág. 213)
Com um tempo morando lá, Bianca começa a descobrir o que ela realmente quer seguir na sua carreira, descobre o que é o verdadeiro significado do amor e sua vida muda completamente.
"Os obstáculos não existem apenas para tornar as coisas mais difíceis ou interessantes, mas para mostrar que quando estes surgem, é também o momento em que a realidade se apresenta e surge a possibilidade de um recomeço."
O livro trata de amor, amizade e sobre a Itália. Uma amizade que tornou-se amor; Um amor que tornou-se amizade; Uma amizade que foi despedaçada; Novas amizades que foram criadas... Eu adorei todas as páginas e a escrita da Paula. É uma escrita leve, simples, porém cativante! Realmente me senti na Itália - mesmo não conhecendo! E claro, o livro é um pouco clichê, sim, mas transborda fofura em cada virar de página.

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

9 comentários:

  1. Esse livro parece ser bem fofo , já está na minha lista pra comprar. Amo romances ♥️

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito fofo. Já que você gosta de romance, esse livro é bem indicado! Aliás, se gostar de clichê, então vai adorar que nem eu!

      Beijos.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Fico feliz que tenha se identificado. Leia, sim. Você vai adorar.

      Beijos.

      Excluir
  3. Hey!
    Ahhhhh, eu sabia! Sabia que sua resenha sobre ele ia sere perfeita, e que o livro seria igualmente lindo!! *o*
    Essa capa! <3 <3 <3 Quando li a sinopse, só pude pensar uma coisa: Preciso ler! Mas agora que tive a confirmação de que a história é exatamente o que eu imaginei e como, eu imaginei, preciso dele para ontem!
    Parabéns pela resenha, ficou incrível!!
    Mil beijokas! entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, obrigada e obrigada! <3 A capa é linda e a história é linda! Leia sim. Se você gosta de romance bem fofinho, super te indico esse livro.

      Beijos!

      Excluir