sexta-feira, 10 de junho de 2016

[Resenha] Namorado de Aluguel

Escritora: Kasie West
Editora: Verus
Páginas: 250

Sinopse: "Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. 
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas.
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma."
"Tudo na minha vida continuava como sempre fora. Eu podia me sentir excluída, mas tudo à minha volta era exatamente igual." (p. 707 - ebook)
Gia é aquela típica garota que vemos nos filmes adolescentes: a abelha rainha. Ela está no último ano do ensino médio e namora a dois meses com Bradley, um cara da faculdade. Eles tem um "namoro a distância", pois, até agora, só se viram apenas duas vezes. 

Suas amigas não acreditam nesse namoro em que tanto Gia fala, afinal, nunca viram esse cara. Então uma oportunidade incrível para conhecê-lo é no baile de formatura. Bradley vai até lá com ela, mas quando chega no estacionamento, ele resolve terminar o namoro com Gia. Ela sente-se devastada e pensa em como suas amigas irão reagir ao saber que Bradley terminou com ela justo antes do baile. Jamais acreditariam que realmente existiu um Bradley.
"Como as pessoas saberiam quem eu era, se nem eu mesma sabia?" (p. 1878)
"Como o valor pessoal é medido hoje? Pela quantidade de curtidas em um post, pelo número de amigos que temos em uma rede, pela soma de retuítes que acumulamos?" (p. 2179 - ebook)
Abandonada por ele ali no estacionamento, ela observa um cara dentro do carro lendo o livro. O primeiro pensamento é: por que ele está no estacionamento de um baile de formatura e lendo um livro? E descobre que ele está apenas esperando sua irmã curtir o baile. Então Gia tem uma ideia genial: fazer com que aquele garoto seja o seu Bradley apenas naquela noite. Afinal, suas amigas nunca o viram. Como desconfiariam?


Depois de um pouco de insistência, o rapaz aceitar ser o substituto. Mas isso vai além de apenas um baile. Começa surgir um grande sentimento da parte de Gia. Ela tem pensamentos direto com o "substituto do Bradley" (como ela o chamava, pois não sabia o seu nome) ao invés de pensar no verdadeiro Bradley. Para resolver essa questão, ela precisa procurá-lo e saber o real motivo que o levou ajudá-la naquela noite. Então ela descobre que Bec é a irmã desse cara.
"Raramente encontramos profundidade quando a procuramos dentro de nós mesmos. A profundidade é encontrada no que podemos aprender com as pessoas e as coisas que nos cercam. Todo mundo, todas as coisas, têm uma história. Quando você conhece essas histórias, descobre experiências que a preenchem, expandem sua compreensão. Você acrescenta camadas à sua alma." (p.2341 - ebook)
"Era mais seguro guardar as coisas para mim, não mostrar os sentimentos. Tudo acabava melhor assim." (p. 3168 - ebook)
No livro demora para falar o nome do "cara misterioso" (e que, para mim, foi bem divertido a forma que Gia levou para descobrir), então deixarei esse pequeno mistério. Ele ainda é apaixonado por sua ex-namorada e ela dará uma festa de formatura em sua casa. Bec, mais que depressa, vê a oportunidade perfeita para Gia pagar pelo "favor" prestados pelo seu irmão. Daí surge uma grande amizade e um grande sentimento.

É possível perceber que Gia era uma garota que precisava de reconhecimento de todos, principalmente de suas amigas. Já o "cara misterioso" era um garoto pouco popular. Ambos diferentes, mas que irão aprender muito um com o outro. 
"E só um tipo de amor me faria pensar em uma declaração neste momento. O tipo de amor que enlouquece, que faz a gente fazer coisas absurdas. Um amor louco." (p. 3429 - ebook)
Sim, é um livro clichê de adolescentes, mas que tem uma escrita leve, descontraída e bem divertida. É um típico livro para ser lido em apenas um dia (assim como eu fiz). Para quem gosta desses romances bem fofos, com certeza vai adorar esse livro, assim como eu adorei!

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário