segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

[Resenha] Trilogia Grisha: Sombra e Ossos

Escritora: Leigh Bardugo
Editora: Gutenberg
Páginas: 288
Sinopse: "Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras - uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras - , Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto o leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas, nesse extravagante mundo, nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração - e seu mundo - em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo."
"Você é o primeiro lampejo de esperança que tenho em muito tempo." (pág. 123) 
Na estória conhecemos Alina e Maly. Ambos são órfãos de guerra e se conhecem desde os 8 anos. Cresceram juntos no orfanato e desde então, são inseparáveis. Quando foram para o exército, Alina virou cartógrafa, pois não tinha "físico" para servir o regime militar. Já Maly faz parte do Primeiro Exército e é rastreador - e o melhor!

Em um certo momento, Alina e Maly precisam atravessar a Dobra das Sombras, onde vivem os volcras (monstros que no decorrer do livro você descobre como eles foram "criados"). É nessa tentativa de atravessar que os volcras os atacam e Alina descobre um poder que jamais pensou que pudesse ter: ela é Conjuradora do Sol.
"O momento em que os lábios dele encontraram os meus, a conexão entre nós se abriu e senti o poder dele me inundar." (pág. 181)
Quando Darkling - dobrador das sombras - vê o poder de Alina, ele a leva para o palácio onde o poder dela será capaz de salvar Ravka da Dobra. Mas para que isso ocorra, Alina precisa aprender a controlar seu poder e somente o palácio poderá ajudá-la.
No palácio, Alina descobre que entre os Grishas - dobradores de elementos - há preconceito dependendo de qual o poder que você pode conjurar, e, além de tudo, existe uma grande rivalidade. Além disso, Alina sente-se sozinha por estar vivendo entre os Grishas e seu amigo Maly não está com ela. É onde surge os pensamentos: o que será que aconteceu com ele? Será que ele procuraria por ela? Será que ele sentiria sua falta?
"O problema em querer algo é que isso nos deixa fracos." (pág. 197)
É narrado em primeira pessoa mostrando o ponto de vista da querida Alina (em alguns momentos, senti vontade de gritar com a personagem por ser tão inocente!). Os outros personagens são todos bem complexos, misteriosos e bem desenvolvidos.

Para quem gosta de fantasia e magia, esse livro é o ideal! Ele consegue captar um pouco de cada fazendo com que o leitor se envolva ainda mais com a estória. Em certo momento senti vontade de largar o livro - pois existem nomenclaturas bem difíceis -, mas depois disso, acabei me adaptando com a escrita e ficou uma leitura bem descontraída.

" "Nunca pertenci de fato a lugar nenhum."
"Seu lugar era do meu lado", ele disse, mansamente."

Avaliação: ♥ ♥ ♥

2 comentários:

  1. Foi só eu, ou vc tbm não viu quem era o vilão desde o inicio? Pq, juro, eu jamais suspeitei quem era e quando descobrir eu morri.
    Vc gosta do Maly? Juro q não engoli ele de jeito nenhum, sou totalmente time Darkling (amo ele).
    Adorei a resenha, ela esta muito boa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu demorei um pouco também para entender sobre o vilão. Já sobre Maly... eu não sou apaixonada por nenhum personagem do livro, mas eu gostava dele, torcia para ele hahaha.

      Obrigada! <3

      Excluir