domingo, 6 de dezembro de 2015

[Resenha] Para Sempre

Escritores: Kim e Krickitt Carpenter
Editora: Novo Conceito
Páginas: 144
Sinopse: "A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava."
"A vida não é justa; é apenas a vida. Todos têm momentos em que sentem como se estivessem à deriva, abandonados mesmo... Mas não é verdade. Não para quem tem fé." (pág. 20)
Antes de começar a resenha, gostaria de dizer que é uma história verdadeira. Por isso o nome dos personagens são os mesmos dos escritores.

Kim era treinador esportivo. Krickitt trabalhava em uma loja de material esportivo. O primeiro contato deles acontece pelo telefone, quando Kim decide comprar uma jaqueta - e esperava ser atendido por alguém com uma voz de tédio, mas não foi o caso. Krickitt atendeu o telefonema parecendo um grilo: animada e cantarolante (como ele mesmo a descreveu).
"Tenho medo, mas o risco faz parte do amor. Obrigada por me tratar com tanta gentileza e por fazer com que eu me sentisse tão especial e adorada." (pág. 22)
Após esse "bom dia" super animado de Krickitt, Kim passou a telefonar sempre para poder ouvir a voz animada da sua nova "amiga". E foi em um desses telefonemas que deu início a um relacionamento à distância - pois moravam em lugares diferentes.

Quando decidem se encontrar - depois de muitas ligações -, eles têm a certeza de é que isso que eles querem: ficar juntos, ter um relacionamento duradouro. Não demorou muito tempo depois desses acontecimentos para eles estarem casados. Tinha tudo para ser um conto de fadas, mas um acidente interrompeu este momento.



Krickitt sofreu um acidente de carro e ficou em coma por semanas, esperando que um milagre acontecesse, pois ela havia perdido grande parte da sua memória. Ela não lembrava dos acontecimentos atuais, apenas acontecimentos passados, até mesmo antes dela nascer.

Kim ficou sem chão, mas permaneceu ao lado da mulher, tentando fazer com que ela se lembrasse ao menos de tê-lo conhecido, de ter se casado com ele; mesmo ela ficando insuportável por sentir tanta "pressão" da parte dele.
"Quando você fechar este livro, quero que se lembre de que, durante a vida, você vai enfrentar momentos muito difíceis, mas é possível encontrar a força que precisa em Deus. Se está faltando alguma coisa na sua vida, peça. Você será atendido. Comprometa-se, e todos os compromissos assumidos serão duradouros. Para sempre." (pág.144)
Como o livro é narrado na perspectiva de Kim, você consegue ver todo o sofrimento e luta dele por tentar reconquistar sua mulher. E deixa aquela pergunta: será que o amor verdadeiro é capaz de superar tantas dificuldades? Krickitt será capaz de ama-lo de novo?

É uma história de amor verdadeira sobre a reconstrução de um casamento depois de uma tragédia que poderia ter feito muitas pessoas desistirem, mas que para Kim foi a chance de começar de novo. 

Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário