segunda-feira, 5 de outubro de 2015

[Resenha] O Mágico de Oz

Escritor: L. Frank Baum
Editora: Zahar 
Páginas: 224 (edição de bolso)
Sinopse: "Após a passagem de um ciclone, Dorothy e seu cachorrinho Totó vão parar na estranha Terra do Oz. Ao lado de novos amigos - o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão Convarde -, encaram perigos e aventuras, desafios e seus próprios medos, numa longa viagem de volta, e de autodescoberta."
"- E eu vou ficar com o coração - respondeu o Lenhador de Lata. - Porque um cérebro não faz ninguém feliz, e a felicidade é a melhor coisa do mundo." (pág. 58) 

O Mágico de Oz conta a história de Dorothy Gale, uma órfã que vivia numa fazenda do Kansas com seus tios e seu cachorro chamado Totó. Num dia habitualmente cinzento, um ciclone acaba por se centralizar bem sobre a casa de Dorothy. Enquanto seus tios conseguem entrar no porão que servia como abrigo para essas tempestades, Dorothy e seu cachorro se atrasam e ficam para trás, sendo levados por muito tempo pelos ares até chegarem na terra de Oz.

Quando ela chega lá, Glinda, que é a Bruxa Boa no Norte, lhe explica que ela matou a Bruxa Malvada do Leste ao aterrissar com sua casa em cima desta. É aí que Dorothy recebe os sapatinhos prateados mágicos desta bruxa. Além disso, Glinda lhe dá um beijo na testa para que ela ficasse segura durante suas aventuras em direção à Cidade das Esmeraldas, que é onde o mágico de Oz vive. E ela precisa encontrar esse todo poderoso mágico para pedir que ele lhe ajude a voltar para o Kansas.

Mas para chegar à Cidade das Esmeraldas, Dorothy tem que seguir por uma estrada de tijolos amarelos na qual ela encontra outras três figuras incríveis: o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão Covarde. E esses três personagens se juntam à Dorothy para também encontrar Oz e, cada um, pedir algo para ele: o Espantalho quer um cérebro para pensar como os homens, o Lenhador de Lata um coração para amar e o Leão Covarde quer coragem para ser o destemido Rei dos Animais.



Como todos sabem, O Mágico de Oz é uma literatura infantil, porém cativa qualquer adulto - como foi o meu caso. E isso se deve sobretudo ao caráter do livro, pois muita coisa escrita quer dizer mais do que parece, ou possui vários significados.

Os personagens desse livro são incrivelmente bem construídos, pois se encaixa muito bem ao enredo e à conclusão do livro, e eu não poderia deixar de falar que a Dorothy é uma criança muito, mas muito, determinada e forte psicologicamente falando. E não poderia deixar de dizer que achei muito interessante os amigos de Dorothy - um espantalho, um lenhador de lata e o leão covarde -, porque cada um representa algo: a Inteligência, a Bondade e a Coragem.

Eu confesso que ainda não tinha lido esse livro maravilhoso. Conhecia a história, mas nunca tinha me envolvido. E agora, estou completamente encantada com os personagens!
"A experiência é a única coisa que traz o conhecimento, e quanto mais tempo você passa na terra, mais experiência você acumula." (pág. 168)
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário