quarta-feira, 15 de julho de 2015

[Resenha] Três Semanas com Meu Irmão


Escritor: Nicholas Sparks e Micah Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 317
Sinopse: "Nicholas e Micah Sparks reagiram de forma diferente às tragédias da vida.Micah decidiu aproveitar mais a companhia dos amigos e da família, mas acabou perdendo a fé. Nicholas mergulhou fundo no trabalho e lutava para lidar com a falta de inspiração, as turnês de divulgação de seus livros e o tempo curto que tinha para desfrutar da companhia da esposa e dos cinco filhos. A oportunidade de fazerem uma viagem ao redor do mundo parecia ser a solução ideal para os dois recuperarem o equilíbrio.
Mais do que um relato de viagem ou um livro de memórias, Três semanas com meu irmão é uma lição de fraternidade, uma prova de que é possível amadurecer e escolher caminhos diferentes sem desfazer os laços familiares.
Nas palavras de Nicholas Sparks, este livro é "a história de duas viagens: uma que nos fez conhecer lugares exóticos ao redor do mundo, e outra, de uma vida inteira, que nos tornou melhores amigos".
Mais do que um relato de viagem ou um livro de memórias, Três semanas com meu irmão é uma lição de fraternidade, uma prova de que é possível amadurecer e escolher caminhos diferentes sem desfazer os laços familiares.Nas palavras de Nicholas Sparks, este livro é "a história de duas viagens: uma que nos fez conhecer lugares exóticos ao redor do mundo, e outra, de uma vida inteira, que nos tornou melhores amigos".
"Está deixando a vida controlar você, em vez do contrário. Este é o grande segredo. Você é quem escolhe o tipo de vida que quer levar." (pág. 63)

O livro começa narrando a infância de Nicholas, Micah e Dana (seus irmãos). Mostra todas as dificuldades que seus pais enfrentaram para conseguir manter a família. E o melhor de tudo: cada capítulo tem fotos da família! Eu achei isso incrível e tornou tudo ainda mais real.


"Disse para mim mesmo que queria ficar sozinho, e que era melhor lidar com os meus sentimentos do meu jeito." (pág. 68)
O pai de Nicholas, Patrick Michael, estudava em um período e no outro trabalhava como garçom. A mãe de Nicholas, Jill Emma, abriu mão de seus grandes sonhos para poder dedicar-se à família. Porém, em uma certa época, Jill teve que trabalhar em uma clínica de oftalmologista para ajudar no sustento da casa.

Assim como todas as famílias, eles passaram por diversas dificuldades. Era uma família pobre. Não tinham com o que se divertir, ganhavam brinquedos apenas quando era aniversário ou natal. Mudaram-se diversas vezes devido aos estudos de seu pai e as novas propostas de serviço. 
"Sonhos são sempre devastadores quando não se realizam. Mas são os sonhos simples que costumam parecer mais dolorosos, pois eles parecem tão pessoais, tão razoáveis, tão possíveis... A pessoa está sempre perto de alcançá-lo, mas nunca perto o bastante para agarrá-lo, e isso é de partir o coração." (pág. 84)
Quando finalmente Patrick conseguiu ser professor de uma universidade, Jill não precisou mais trabalhar para ajudar em casa e ela decidiu ter um cavalo que era um dos seus maiores sonhos. E ela dedicou-se ao cavalo e aos seus filhos, e fazia com que eles se mantivessem unidos, independente do que acontecesse.

Já na parte da adolescência, Micah tinha seus amigos e saia com várias garotas. Nicholas trabalhava em dois empregos e estudava, e mudou-se da casa dos pais e Dana dedicava-se aos estudos.
"O casal precisa estar comprometido. Acho que se os dois estiverem comprometidos com o casamento e realmente quiserem fazer o relacionamento funcionar, então vão achar um jeito de conseguir. Não importa o que aconteça. Se você se casar com uma pessoa que não está comprometida, ou se você mesmo não estiver, e algo der errado, o casamento não vai resistir. Casamento é algo difícil." (pág. 107)
"No fim das contas, o casamento se resume a atitudes. Acho que as pessoas falam muito sobre aquilo que lhes incomoda em vez de colocarem em práticas as pequenas coisas que mantêm um casamento firme e forte. Você tem que saber do que o seu parceiro precisa, e é isso que você faz. E também evita fazer as coisas que prejudicam o relacionamento. Se a outra pessoa agir da mesma forma, o casamento pode superar qualquer obstáculo." (pág. 108)
E uma certa vez, devido ao trabalho ruim que Nicholas tinha, sua mãe disse para ele tentar em escrever um livro. Ele não acreditou muito na ideia, mas apostou. Aos 19 anos escreveu um livro de terror, mas não chegou a pública-lo porque achou que não era bom o bastante. 

Devido a diversos acontecimentos (se eu contar todos, vou dar muito spoiler aqui! rs), a família de Nicholas enfrentou diversos altos e baixos, mas todos aprenderam superar tudo de uma certa forma: mantendo a fé.
"A vida tem seus altos e baixos e que não vale a pena se decepcionar com os baixos, já que, além de inevitáveis, eram temporários." (pág. 119)
"O que você quer e o que você tem costumam ser duas coisas completamente diferentes.Ninguém nunca disse que a vida é justa." (pág. 120) 
Depois de adultos, cada um seguiu sua vida. Nicholas conheceu Cathy quando estava de férias e foi amor à primeira vista. Casaram-se. Passaram diversas dificuldades nos primeiros meses de casamento (tanto financeiro, quanto problemas familiares), mas superaram todos e tiveram cinco filhos. Assim como Nicholas, Micah e Dana conheceram seus parceiros, casaram e tiveram filhos.

Depois dos 19 anos que foi quando Nicholas decidiu seguir o conselho de sua mãe, passou dedicar-se mais aos livros. Primeiro livro publicado foi Diário de Uma Paixão (que ele vendeu por 100 milhões de dólares!) que vieram seguidos por Uma Carta de Amor, O Resgate, Um Amor Para Recordar e Uma Curva na Estrada. Tentou publicar O Guardião, porém mandaram reescrever mais que a metade do livro, então escreveu e publicou Noites de Tormenta para depois reescrever O Guardião e lançá-lo. 
"É engraçado como as coisas acontecem na vida." (pág. 169)
"Reaproximação é sempre difícil. O grande distanciamento ao longo dos anos às vezes é algo impossível de superar." (pág. 173)
E como o nome do livro é Três Semanas com Meu Irmão, depois de todos os acontecimentos, chega uma carta no correio sobre uma viagem ao redor do mundo por três semanas. E ele convida Micah para ir com ele. É o momento em que eles relaxam sobre a vida e tentam permanecer juntos como antigamente e como a mãe deles sempre quis. E também narra os lugares em que eles visitaram. 

Se lançar livros foi fácil para ele? Mas não mesmo. Somente lendo para perceber o quanto Nicholas sofreu na vida. Eu realmente senti lágrimas aparecendo a cada página. Eu, como fã do escritor, posso dizer que passei admirá-lo ainda mais depois desse livro. Vale realmente a leitura.
"Sonhos são engraçados mesmo. Você quer algo desesperadamente, dá um jeito de conseguir, e aí de repente termina." (pág. 188)
O livro me mostrou que apesar das dificuldades que enfrentamos na vida, temos que continuar e seguir em frente. É difícil superar alguns acontecimentos e enfrentar os obstáculos, mas tudo com fé é possível.
"A vida se tornou algo a ser conquistado em vez de vivido, e, mesmo se quisesse mudar, não saberia como." (pág. 308)
Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário